Bahia tropeça contra o Peixe

Foto: Ivan Storti/ Santos.

Na noite desta quinta-feira (31), na Vila Belmiro, o Peixe encarou o Tricolor de Aço pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Santos venceu a partida por 1 a 0 e agora  é o terceiro colocado com 55 pontos e o Bahia em nono na tabela, com 41.

 

PRIMEIRO TEMPO

O Bahia apareceu no jogo aos seis minutos com Gilberto, que chutou no canto direito, após assistência de Artur, mas a finalização foi muito bem defendida pelo goleiro do santos. Aos 10, Gilberto teve outra grande oportunidade, mas finalizou mandando pra fora.

O Santos chegou com perigo, aos 14 minutos.  Carlos Sánchez (santos), perdeu uma grande oportunidade. Seis minutos depois, a equipe da Vila Belmiro chegou a abrir o placar, mas o VAR anulou devido a um impedimento.

Após os 20 minutos, o Bahia recuou e só viu o Santos jogar. Aos 35 minutos, Eduardo Sasha finalizou com o pé direito, mas a bola foi pra fora.

SEGUNDO TEMPO

O Santos  voltou melhor. Logo, aos oito minutos, Marinho sofreu pênalti e Carlos Sanchez abriu o placar para os donos da casa.

O Bahia chegou a empatar a partida com o zagueiro Juninho, mas o VAR mais uma vez entrou em campo e anulou. O Tricolor buscou uma reação no final da partida, mas já era tarde.

FICHA TÉCNICA
Santos 1 x 0 Bahia
Campeonato Brasileiro – 29ª rodada

Local: Vila Belmiro, em Santos
Data: 31/10/2019 (quinta-feira)
Horário: 19h15
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Auxiliares: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa e Carlos Henrique Alves de Lima Filho (ambos do RJ)
VAR: Pathrice Wallace Corrêa Maia, com auxílio de João Batista de Arruda e Daniel do Espirito Santo Parro.(todos do RJ).

Cartões amarelos: Pará, Alison, Marinho, Jean Mota, Lucas Veríssimo (Santos) / Gregore, Ronaldo, João Pedro (Bahia)

Gol: Sánchez (Santos)
Santos: Everson; Pará, Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique e Jorge; Alison, Carlos Sánchez e Evandro; Marinho (Tailson) Eduardo Sasha (Jean Mota) e Soteldo (Felipe Jonatan). Técnico: Jorge Sampaoli.

Bahia: Douglas; Nino Paraíba, Lucas Fonseca, Juninho e Moisés; Gregore (Ronaldo), Flávio e João Pedro (Marco Antônio); Artur, Élber (Rogério) e Gilberto. Técnico: Roger Machado.

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*