Foto: Botafogo/PB x Bahia. Foto: Josemar Gonçalves.
parceiro oficial

O Bahia chegou à última rodada da primeira fase da Copa do Nordeste precisando de um triunfo, além de buscar a primeira colocação do grupo C.  Em uma partida sem grandes emoções, o Tricolor bateu o Botafogo-PB, em João Pessoa, por 2 a 0, na noite desta quinta-feira (29).

O JOGO

A partida iniciou de forma tensa para o torcedor Tricolor, não pelo jogo da equipe, mas pela partida do Náutico. Com um gol marco logo no inicio do jogo dos pernambucanos, o Bahia se via obrigado a vencer a partida.

Aos 12 minutos, Marcos Aurélio cruzou em cobrança de falta, Elton desviou de cabeça e quase marcou contra. O alívio veio aos 26 minutos, Edigar Junio abriu o placar em cobrança de pênalti. Nino Paraíba – ausente do Ba-Vi de domingo por suspensão,  foi à linha de fundo e cruzou rasteiro para Zé Rafael, que foi derrubado por Rafael Jataí.

Aos 30 minutos, Vinicius levantou à área em cobrança de falta, Edigar escorou de cabeça e Grolli por pouco não completou para a rede. Mas aos os 39, o placar foi ampliado. Nino  foi ao fundo e cruzou por baixo. Edigar furou, mas Marco Antônio ficou com a sobra, finalizou bem e anotou seu primeiro tento como profissional.

Segundo Etapa

A partida teve um segundo tempo aquém do esperado. O Botafogo-PB nada produziu, enquanto o Bahia parecia não ter mais desejo em ampliar o placar.

Aos 26 minutos, Vinicius roubou bola no ataque e deixou Edigar cara a cara com o goleiro. Ele chutou mal, mas a sobra ficou com Zé Rafael, que, embaixo da trave, não alcançou a bola. Aos 42, faltou pouco para a partida ser encerrada com um golaço. Régis deu um lindo toque por cobertura, mas a bola bateu no travessão.

Passando a régua

Para o técnico Guto Ferreira, o Tricolor conseguiu manter o controle da partida. O técnico destacou o coletivo, mas deixou claro a sua satisfação com a partida realizada por Marco Antônio.

“Conseguimos controlar o jogo de novo, como foi contra a Juazeirense. Praticamente não sofremos hoje. Foi uma equipe incisiva, marcou forte, foi agressiva. Fez dois gols, mas poderia ter feito muito mais, criou situações para isso, pelo menos mais umas três chances claras de gol. Foi importante o Marco Antônio e o Edigar marcando. A equipe manteve o toque de bola, teve jogadas dos dois lados do campo, teve circulação de bola. Controlamos e praticamente não sofremos no jogo”, analisou na entrevista coletiva”.

FICHA TÉCNICA

Botafogo-PB 0x2 Bahia
Copa do Nordeste – 6ª rodada

Local: Almeidão, em João Pessoa
Data: 29/03/2018 (quinta)
Horário: 21h45
Árbitro: Mayron Frederico dos Reis Novais (MA)
Assistentes: Antônio Fernando de Sousa Santos e Antônio Adriano de Oliveira (ambos do MA)

Cartão amarelo: Rafael Jataí (Botafogo-PB) / Nino Paraíba, Zé Rafael, Léo (Bahia)

Gol: Edigar Junio e Marco Antônio (Bahia)

 

Botafogo-PB: Saulo; Felipe Cordeiro, Gladstone, Lula e Daniel Nazaré; Rafael Jataí, Djavan, Allan Dias (Marlon), Hiroshi (Carlos Renato) e Marcos Aurélio; Dico (Rafael Castro). Técnico: Leston Júnior.

Bahia: Douglas; Nino Paraíba, Tiago, Grolli e Léo; Elton; Marco Antônio (Allione), Gregore, Vinícius (Régis) e Zé Rafael; Edigar Junio (Júnior Brumado). Técnico: Guto Ferreira.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui