Bahia empata com o Liverpool e está eliminado da Copa Sul-Americana

Foto: Divulgação

@resenhanarede

Valendo vaga na próxima fase da Copa Sul-Americana 2019, Liverpool-URU e Bahia fizeram um bom jogo no Estádio Luis Franzini. Embora tenha tentado de todas as formas, o Tricolor não conseguiu fazer sequer um gol para levar a partida para as penalidades. 0x0 e fim de papo para o Bahia na competição.

Com investimento alto para as 5 competições que disputa neste ano, o Bahia dá adeus a primeira delas. A eliminação veio ainda na partida de ida, quando o Tricolor perdeu por 1×0 na Arena fonte Nova.

Primeiro tempo

Na primeira etapa o Tricolor buscou o gol a todo momento. A equipe finalizou 10 vezes contra a meta uruguaia. As investidas mais consistentes eram pelo lado direito de ataque, com as descidas de Nino Paraíba, Arthur e Ramires. Gilberto pouco foi acionado na grande área. Mesmo com uma equipe mais ofensiva do meio-campo para frente, com Shaylon e Ramires invertendo as jogadas pelos lados com os laterais Nino e Moisés, a bola não chegava com facilidade até o centro-avante Tricolor.

Jogando em casa, a equipe uruguaia esbarrava na forte marcação dos dois volantes do Bahia. Gregore e Douglas Augusto fizeram um primeiro tempo de jogo de muita marcação. Coube ao Liverpool apostar nos chutes de longa distância, mas sem muito sucesso. Por outro lado, o time da casa também soube se fechar e impedir as investidas do Bahia. O goleiro Douglas pouco foi acionado e fez apenas uma defesa difícil. O Bahia foi para o intervalo com um bom volume de jogo. O placar não saiu do zero.

Segundo tempo

Logo de cara, antes do primeiro minto do segundo tempo, o Liverpool chegou com perigo e quase abre o placar. Mas também foi só isso. Durante toda a segunda etapa, só deu Bahia. No entanto, as mudanças feitas pelo técnico Enderson Moreira, ao sacar Arthur e Gilberto, deixaram o Tricolor com pouco poderio ofensivo.

Sem conseguir furar o bloqueio dos uruguaios, Enderson partiu para o tudo ou nada. Promoveu a entrada de Iago, Elber e Guilherme, mas que pouco produziram. O nervosismo tomou conta da equipe, que não conseguia acertar a meta do Liverpool. As mexidas erradas do comandante Tricolor não ajudaram o Esquadrão a passar para a próxima fase.

E agora? 

Com a queda ainda na primeira fase da Sul-Americana, o Bahia volta suas atenções para a Copa do Nordeste, o Campeonato Baiano e a Copa do Brasil. No próximo domingo, o Esquadrão viaja até Fortaleza, para enfrentar o outro tricolor o Fortaleza-CE, pela Copa do Nordeste.

 

Eduardo Dias
Sobre Eduardo Dias 319 Artigos
Editor, colunista e repórter. Acompanha as equipes de futebol do interior da Bahia.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*