Arthur e Paquetá serão titulares contra o Panamá

Foto: Lucas Figueiredo / CBF

@Resenhanarede

Em processo de renovação da Seleção Brasileira, o técnico Tite segue fazendo diversos testes na equipe e, no amistoso deste sábado (23), às 14h, diante do Panamá, no Estádio do Dragão, na cidade de Porto, em Portugal, as principais mudanças serão no setor de meio-campo.

No último treino antes da partida, Tite testou o meio com Casemiro, que será o capitão, Arthur e Lucas Paquetá. A preocupação do treinador é aumentar o poder de criação da equipe. “Minha maior tensão é a formatação criativa do meio-campo. Não tivemos Coutinho nessa última [convocação] e o processo criativo caiu. Não foi a mesma equipe, e sempre foi uma marca nossa “, explicou.

Foto: Lucas Figueiredo / CBF

Jovens

Além de Arthur e Paquetá, diversos outros jovens atletas devem ganhar chances nos amistosos, como David Neres, e a possibilidade de Tite levar uma equipe rejuvenescida é grande.

“O presente são esses jovens. Prolongamos até essa convocação para dar oportunidade e na hora de bater a convocação final haver essa mescla. Vai depender fundamentalmente de desempenho e a naturalidade, o aspecto emocional de vestir essa camisa. Que eles tenham agora confiança para errar, inclusive. O técnico vai cobrar, mas vai ter a noção exata de que é um processo”, comentou.

Em busca de competitividade, Tite explicou o que espera do seus jogadores contra o Panamá e o que pode fazer diferença para a continuidade na Seleção. “Nós relativizamos. Primeiro vem a performance individual, a capacidade de concentração. Se o atleta tem capacidade e coragem de se mobilizar para um amistoso que não vale como numa final de Champions, de Brasileiro ou Libertadores. Observamos esses detalhes, e se o atleta está concentrado ou disperso nos treinamentos”.

Rafael Tiago Nunes
Sobre Rafael Tiago Nunes 152 Artigos
Editor e colunista. Jornalista e comentarista esportivo. Foi coordenador do Caderno de Esportes do Jornal Massa por oito anos, já foi repórter de esportes, cidade e economia do Jornal Massa. Foi repórter do Caderno 2 do jornal A Tarde e da Rádio Educadora. Atuou também como jornalista na Seinfra (Secretaria de Infraestrutura da Bahia) e na OAB-BA (Ordem dos Advogados). É assessor de imprensa e sócio-diretor da Habemus Comunicação. Formado na Faculdade da Cidade do Salvador e especializado em jornalismo esportivo.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*