Aroldo Moreira surpreende e pede demissão da Juazeirense

Foto: divulgação Juazeirense

@Resenhanarede

O experiente Aroldo Moreira surpreendeu e pediu para deixar o comando técnico da Juazeirense. O treinador alegou cansaço como motivo para pedir a demissão do cargo. O pedido veio no vestiário, logo após a derrota do Cancão para o Jacuipense por 1 a 0, com um frangaço do goleiro Douglas Pires, ex-Bahia, no estádio Valfredão, em partida válida pela quinta rodada do Campeonato Baiano.

A Juazeirense ainda não venceu na temporada e acumula dois empates e duas derrotas, sendo uma delas a  sonora goleada por 7 a 1 para o Bahia, na Arena Fonte Nova. O aproveitamento Aroldo foi de apenas 16,67%. O time sofreu 11 gols e o ataque marcou apenas quatro. A saída de Aroldo é ainda mais surpreendente, principalmente por ter feito uma ótima partida diante do Vasco, quando foi eliminada da Copa do Brasil de forma polêmica com um empate em 2 a 2, no Estádio Adauto Moraes.

O presidente da Juazeirense, o deputado estadual Roberto Carlos, enviou um comunicado oficial. “Agradecemos a dedicação e o empenho de Aroldo Moreira nesse início da temporada. É um excelente profissional que preferiu seguir outro rumo na carreira. Desejamos sorte e vamos atrás de outro profissional, também de nível elevado, para dar sequência ao trabalho”.

O próximo jogo da Juazeirense será no dia 20 de fevereiro contra o Fluminense de Feira, no Adautão, em partida adiada da quarta rodada do Baiano. Na partida, o time já será comandado pelo novo treinador, Carlos Rabello.

 

Comunicado oficial da Juazeirense:

“A diretoria da Juazeirense informa que Aroldo Moreira não é mais o técnico do Cancão. Em reunião, ontem, após o jogo contra a Jacuipense, o treinador pediu para deixar o cargo e a diretoria acatou a decisão do profissional. O auxiliar Alcyr Silva assume o time interinamente enquanto o clube trabalha para buscar um novo treinador para o restante da temporada. “Agradecemos a dedicação e o empenho de Aroldo Moreira nesse início da temporada. É um excelente profissional que preferiu seguir outro rumo na carreira. Desejamos sorte e vamos atrás de outro profissional, também de nível elevado, para dar sequência ao trabalho”, declarou Roberto Carlos, presidente do Cancão e Deputado Estadual”.

Rafael Tiago Nunes
Sobre Rafael Tiago Nunes 49 Artigos
Editor e colunista. Jornalista e comentarista esportivo. Foi coordenador do Caderno de Esportes do Jornal Massa por oito anos, já foi repórter de esportes, cidade e economia do Jornal Massa. Foi repórter do Caderno 2 do jornal A Tarde e da Rádio Educadora. Atuou também como jornalista na Seinfra (Secretaria de Infraestrutura da Bahia) e na OAB-BA (Ordem dos Advogados). É assessor de imprensa e sócio-diretor da Habemus Comunicação. Formado na Faculdade da Cidade do Salvador e especializado em jornalismo esportivo.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*