Arnaldo Lira diz que não interessa se o Bahia vem com o time A ou B: “a gente precisa vencer”

Foto divulgação

@Resenhanarede

Adversário do Bahia nesta quarta-feira, às 21h15, no Estádio Carneirão, o Atlético de Alagoinhas espera dificuldades na partida, mas vê com bons olhos a opção do Tricolor, que terá um jogo pela Copa Sul-Americana em menos de 24 horas depois, em usar o time B no jogo válido pelo Campeonato Baiano.

Para o técnico Arnaldo Lira, o Carcará tem que ter inteligência para aproveitar as fragilidades do time alternativo do Bahia, mas sem deixar de ser respeitoso com o adversário, que tem um elenco grande e forte.

“A gente tem que procurar a vitória dentro de casa contra qualquer equipe, independente dela usar a equipe A ou B. A gente respeita o adversário e sabe que quem está no Bahia é porque tem condições de jogar em qualquer clube do futebol nordestino. Talvez o time principal esteja mais entrosado do que a equipe B. Portanto é um jogo difícil, onde a gente precisa vencer, mas com inteligência e organização, para que a gente possa conseguir a nossa primeira vitória e, logicamente, entrar entre os quatro finalistas do Campeonato Baiano”, analisou Lira.

Atualmente, o Atlético de Alagoinhas tem três pontos conquistados, sendo três empates. Segue invicto no Campeonato Baiano, mas ainda não conseguiu vencer nenhuma partida. O Carcará tem um segundo melhor ataque do torneio com oito gols marcados, ficando atrás apenas do líder Bahia de Feira, que marcou nove tentos. O atacante João Neto, com quatro gols marcados, é o artilheiro do Baianão ao lado de Pablo, do Jequié.

  • Com a colaboração de Eduardo Dias.
Rafael Tiago Nunes
Sobre Rafael Tiago Nunes 152 Artigos
Editor e colunista. Jornalista e comentarista esportivo. Foi coordenador do Caderno de Esportes do Jornal Massa por oito anos, já foi repórter de esportes, cidade e economia do Jornal Massa. Foi repórter do Caderno 2 do jornal A Tarde e da Rádio Educadora. Atuou também como jornalista na Seinfra (Secretaria de Infraestrutura da Bahia) e na OAB-BA (Ordem dos Advogados). É assessor de imprensa e sócio-diretor da Habemus Comunicação. Formado na Faculdade da Cidade do Salvador e especializado em jornalismo esportivo.

1 Comentário

  1. O Atlético, pode sim aproveitar o momento, basta ter competência, os meninos do Bahia,tb podem fazer bonito e mostrar que tem condições de subir rápido para o time principal!
    Vamos aguardar!!

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*